7 curiosidades sobre energia solar

As fontes fotovoltaicas têm ganhado importância em todo o mundo por serem livres de carbono e contribuírem para a redução de emissões de CO2 na natureza. Embora ainda representem 2% da energia produzida no mundo, a expectativa de organizações e especialistas na área é que esse número quintuplique nos próximos anos. Para que você entenda melhor como esse insumo funciona, reunimos nesse artigo 7 curiosidades sobre a energia solar.

Mas antes de apresentá-las, é essencial mostrar alguns dados sobre esse setor. A Agência Internacional de Energia (IEA) estima que até 2050 os painéis fotovoltaicos produzam 11% do montante global de energia. Já os dados da Agência Internacional de Energias Renováveis (Irena) são ainda mais animadores e apontam que a energia solar responderá por 13% da energia consumida globalmente até 2030.

De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o Brasil deve registrar um salto de 44% na capacidade instalada em 2019. Em 2018, o país tinha cerca de 30,5 mil sistemas de energia solar, um número que deve chegar 885 mil até 2024. Todo esse otimismo é puxado por políticas e incentivos que reduzem os custos do setor e facilitam a instalação de equipamentos voltados a esse mercado.

Confira 7 curiosidades sobre energia solar

1. Energia barata

Ao contrário do que muita gente pensa, a energia solar fotovoltaica tem se consolidado como uma das mais acessíveis entre as renováveis. De acordo com dados da Agência Internacional de Energia Renovável, publicados pelo Relatório Geral do Mercado Solar 2019, os custos dos sistemas fotovoltaicos devem reduzir ainda mais, passando de US$ 1,8 por watt para apenas US$ 0,79 até 2025. Para se ter um parâmetro, as usinas termelétricas movidas a gás natural ou carvão custam, respectivamente, US$ 1,3 e US$ 3 por watt. A energia solar é mais barata que a energia elétrica comprada da rede, principalmente com o aumento constante das tarifas.

curiosidades sobre energia solar - economia

2. Benefícios mesmo à noite

A solução não gera energia no período noturno. Porém, quando a geração é maior que o consumo durante o dia, o excedente é direcionado para a rede de distribuição e transformado em crédito para ser usado à noite pelo consumidor.

Esse sistema de “compensação” também traz outra comodidade para o consumidor, sobretudo aqueles que têm mais de um imóvel na área de uma mesma distribuidora: o que não for consumido em uma casa, pode servir para reduzir a conta de outra.

Por exemplo: alguém que tenha uma casa num bairro da cidade e um sítio próximo, mais afastado. A quantidade de energia produzida pelo sistema instalado na casa que não for consumida pode ser “utilizada” no imóvel rural, o que deixará a conta de luz mais barata. A única exigência para que isso ocorra é que os imóveis estejam registrados no mesmo CPF.

3. Potencial brasileiro

O país como um todo oferece excelentes condições para a produção de energia solar. O Nordeste lidera a lista de locais com os maiores valores de irradiação solar global, com a maior média e a menor variabilidade anual entre todas as regiões geográficas. Isso se deve à sua localização mais próxima à linha do Equador. Logo em seguida vêm as regiões Centro-Oeste e Sudeste.

4. Fácil instalação

Não é preciso nenhuma obra complexa ou a aplicação de materiais que exijam grandes mudanças na estrutura do ambiente. São necessários apenas painéis solares, cabos de ligação e um equipamento central, conhecido como inversor de tensão. O inversor é responsável por receber e transformar a energia gerada pelos painéis no padrão de utilização da rede elétrica. Normalmente, as placas solares são instaladas em telhados, e delas saem os cabos elétricos que alimentam o inversor e interligam o sistema com a rede do imóvel.

curiosidades sobre energia solar - instalacao

5. Manutenção simples

Uma das principais dúvidas com relação aos sistemas solares diz respeito à conservação. Os cuidados são simples, limitando-se à limpeza das placas para evitar a perda de eficiência. A manutenção pode ser semestral ou anual e deve ser realizada por uma equipe especializada.

6. Monitoramento pelo celular

Outra das curiosidades sobre energia solar é que alguns equipamentos possibilitam conexão com a internet, fornecendo informações completas sobre o desempenho do sistema. É possível acompanhar a produção de energia elétrica em tempo real pelo celular, tablet ou computador de qualquer lugar do mundo a partir de uma conexão Wi-Fi, aferindo os parâmetros dos inversores, a quantidade de energia gerada, a potência instantânea e outros.

Além disso, as informações sobre a geração mensal de energia são armazenadas, permitindo saber em que meses o sistema funcionou melhor.

7. Como funciona o gerador solar

Composto por painel, inversor, string box, estruturas, cabos, conectores, entre outros acessórios, este equipamento capta a luz solar e gera energia elétrica para ser usada em residências ou empresas.

A SMSolution possui uma linha de equipamentos voltados à produção de energia solar. Entre em contato com nossa equipe e tire suas dúvidas.

Whatsapp (11) 94272-7018

 

Fonte: blog.intelbras.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*